Identifique e trate a dermatite de contato




A importância de se identificar problemas que podem ser causados até por cosméticos.

Pequenas irritações, coceiras ou pequenas bolhas podem ser tornar graves e gerar infecções se não forem tratadas adequadamente.

Produtos que utilizam as ceramidas são um dos mais indicados

O contato da pele com alguma substância que provoque reações pode resultar em problemas sérios se a pessoa não identificar o agente causador e tratar corretamente a situação.

E isto pode acontecer com qualquer tipo de substância ou superfície, seja um poluente no ar, um cosmético, produto de limpeza ou outros elementos como artefatos de borracha ou metal.

“Qualquer pessoa, em qualquer idade e com qualquer tipo de pele pode sofrer algum tipo de reação, que chamamos dermatite de contato, resultando em vermelhidão, inchaço, bolhas, crostas ou escamações”, revela a dermatologista Marcella Mendes Delcourt, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, regional de São Paulo.

É possível prevenir as dermatites de contato utilizando-se de cremes de barreira, que são hidratantes potentes com princípios ativos especialmente desenvolvidos para evitá-las.

Esses cremes possuem ação diferenciada em relação ao creme hidratante comum (que apenas mantém a pele hidratada), pois agem como uma película protetora entre a pele e o agente causador da dermatite, detendo ou reduzindo a ação dos agentes nocivos.

Ceramidas

Segundo Marcella Delcourt, dentre os produtos mais eficazes estão aqueles em cuja fórmula encontram-se as ceramidas – principais lipídeos componentes da pele, que evitam a perda da água cutânea e são altamente eficazes na recuperação das barreiras.

Os cremes de barreira mais potentes são vendidos, nos Estados Unidos, sob prescrição médica. No Brasil, os dermatologistas geralmente prescrevem fórmulas para manipulação a base de óleo de silicone, óleo de framboesa, glicerina, lactato de amonia ou ceramidas, mas existem ótimos produtos industrializados no mercado. 

A médica alerta, ainda, que ao observar alguma das reações que caracterizam uma dermatite de contato, a pessoa deve evitar a substância suspeita e realizar uma avaliação com um especialista.

“Uma dermatite de contato, se não tratada adequadamente, pode se complicar e até ocorrer uma infecção secundaria, levando o paciente a um quadro de febre e de prostração geral”, finaliza.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...