Menopausa e a pele



A menopausa é uma fase de diversas mudanças gradativas no corpo da mulher, culminando com a ausência da menstruação, devido a diminuição dos hormônios estrógenos. A pele, bem como os outros órgãos do organismo feminino, sofre grandes distúrbios causados pelas alterações hormonais. A capacidade de divisão das células fica reduzida, tornando a epiderme mais fina e delicada, e a redução de melanina favorece o aparecimento de manchas e cabelos brancos. A produção de fibras colágenas e elásticas também diminui, cerca de 1% a 2% ao ano, permitindo o surgimento de rugas e flacidez. 



A pele da mulher sofre um sério ressecamento durante a menopausa, pois a produção de ácido hialurônico, responsável pela retenção de água, está diretamente ligada ao estrógeno. 

Por estar mais delicada e sensível, a epiderme apresenta ainda uma tendência maior a reações alérgicas causadas por substâncias químicas, como cosméticos e produtos de limpeza. 

O rosto, sempre mais exposto que o restante do corpo, fica propenso ao aumento de vascularização, causado pelos calores repentinos. A pele apresenta vasos pequenos e finos, deixando o rosto com aspecto avermelhado e quente. 

O tratamento principal para esta fase é a terapia de reposição hormonal, que reequilibra os níveis de estrógenos no organismo. Os cuidados com a pele também devem ser redobrados. Os banhos precisam ser rápidos, mornos,sem o uso de buchas e os sabonetes devem ser neutros. A uso de hidratantes corporais e faciais deve ser constante. A pele também é muito beneficiada com o uso de nutraceuticos, vitaminas e antioxidantes em capsulas que tratam a pele de dentro para fora, retardando os efeitos do envelhecimento. 

Atualmente, o dermatologista conta um arsenal de tratamentos e tecnologias que ajudam a retardar as marcas da idade preventivamente, deixando a mulher com um aspecto jovial e bem para sua idade conforme os anos vão passando. 

Resumindo, com um adequado cuidado com a pele e acompanhamento médico, os efeitos da menopausa podem ser contornados e até controlados, evitando os conhecidos sintomas, como ondas de calor, sudorese, insônia e envelhecimento precoce. 

* foto meramente ilustrativa: Inès de la Fressange, 57 anos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...